Resumo dos pronunciamentos de 13/07/2021

por Célia Ferreira publicado 13/07/2021 18h05, última modificação 13/07/2021 18h03


 

 

 

Alexandre Andreza Macedo (Alexandre de Itaoca - PSB)

Parabeniza todos os vereadores, a Comissão Especial e o presidente Brás Zagotto, pelo trabalho e mobilização que resultaram nas propostas de redução do IPTU. Disse que essa luta vale a pena e, se alguém tiver feito algo errado, é preciso que ele pague.

 

Allan Albert Lourenço Ferreira (Podemos)

Reclama do desrespeito de secretários que agendam participação em reuniões com os vereadores e simplesmente não comparecem.

 

Arildo Tomaz Bucker (Boleba -PDT)

Afirma que continua esperando, com muita indignação, ser atendido pela EDP, para tratar de assuntos de interesse de sua comunidade.

 

Bras Zagotto (PV)

Convida o vereador Marcelinho Fávero, aniversariante da semana, para presidir a sessão. Anuncia a votação, durante a sessão, do projeto e emendas que irão permitir a redução do IPTU, e destaca a importância a luta e grande mobilização feita pelos vereadores, no sentido de encontrar uma solução que atenda à população.

 

Delandi Pereira Macedo (Podemos)

Concordando com o vereador Juninho Corrêa, diz que na verdade todos os vereadores defendem a revogação total do aumento do IPTU, mas considera que um recadastramento feito de forma correta é de fundamental importância, pois o município precisa crescer e ser organizar. Afirma que não defende os valores do trabalho realizado, nem a forma como foi feito, mas considera importante ter uma base cadastral com o registro da realidade do município. Menciona inúmeras obras necessárias em vários pontos da cidade e afirma que, em vários casos, mesmo quando os trabalhos começam, acabam sendo interrompidos, prejudicando a população.

 

Diogo Pereira Lube (PP)

Registra o sucesso do Curso de Redação Oficial, promovido pela Escola do Legisalativo na última semana. Solicita obras, melhoria e serviços para o bairro Teixeira Leite. Pede que prefeitura realize a divulgação de programas sociais para que os moradores possam acessar os seus direitos. Diz que a Comissão Especial do IPTU, com apoio dos demais vereadores, encontrou pelo menos quinze inconsistências nos documentos sobre o recadastramento, que serão apontadas no relatório final, que será encaminhado ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas, para que avaliem de forma técnica todo o material.

 

José Carlos Corrêa Cardoso Júnior (Juninho Corrêa – PL)

Afirma que votará a favor do projeto e emendas que irão permitir a redução dos valores do IPTU, para já garantir esse benefício à população, mas, na realidade, continua defendendo e lutando pela revogação total do aumento do IPTU.

 

Leonardo Pinheiro Dutra (Léo Cabeça – PDT)

Diz que é uma vergonha que os estudos do governo sobre a Curva da Morte não encontrem uma solução para a Curva da Morte, e vidas continuam sendo perdidas no local. Afirma que, infelizmente, a revogação total do aumento do IPTU não é possível no momento, mas afirma que o projeto e as emendas propostos pela Câmara são um ganho pra a população, e parabeniza todos os vereadores, com destaque para o presidente Brás, pela atuação diante da situação. Segundo ele, faltou habilidade do Secretário da Fazenda, para impedir que o recadastramento fosse feito de forma incorreta e para fazer lançamentos-teste no sistema, para apurar os valores, antes de confirmar a cobrança. Diz ainda que, se não fosse o trabalho e a mobilização dos vereadores, com a realização de audiências públicas, reuniões, ida ao Tribunal de Contas, os valores não iriam abaixar, porque na primeira reunião, o secretário disse que a redução seria impossível e estaria impossível.

 

Marcelinho Fávero (PL)

Exalta o trabalho da Câmara pela votação do projeto e emendas que permitirão a redução do IPTU, afirmando que, na impossibilidade de chegarem à a revogação total, os vereadores trabalharam muito para que o impacto fosse reduzido de forma expressiva. Afirma que os vereadores têm a prerrogativa de representar o povo e por isso levam as demandas a quem pode solucioná-los, é o Poder Executivo, e menciona várias reuniões realizadas nas comunidades, com a presença de secretários municipais. “Nosso gabinete é na rua. Tem que explicar isso para apagar um pouco das falácias que espalham por aí”, afirma.

 

Paulo Grola (PSB)

Elogia o trabalho realizado pela prefeitura em Soturno. Critica a falta de atenção do Dnit e DER em relação à Curva da Morte, na rodovia para Vargem Alta, registrando que na segunda-feira outro carro se acidentou no local.

 

Paulo Sérgio de Almeida (PSB)

Mostra sua admiração pelas equipes de enfermagem e saúde de Cachoeiro, que estão avançando na vacinação. Solicita que a prefeitura forneça papel toalha às unidades de saúde, pois é um item barato e muito importante neste momento de pandemia. Reitera pedido de obras de drenagem e tapa-buraco na estrada de Córrego dos Monos Pede que a prefeitura desobstrua ruas da cidade onde há grande quantidade de entulho. Agradece a secretarias municipais por obras e serviços feitos em várias regiões da cidade. Lamenta comentários feitos em rede social, menosprezando o trabalho dos vereadores e solicitando que sejam pressionados para aprovar a criação de uma CEI. Afirma que não foi possível ainda terminar o relatório da Comissão Especial do IPTU, pois diz que são mais de mil páginas de documentos a examinar , mas anuncia que em breve o trabalho estará pronto.

 

Sebastião Ary Correa (Patriotas)

Diz que nunca trabalhou para atrapalhar a redução do IPTU, e por isso votará a favor do projeto e emendas, embora defendesse que o valor fosse zerado. E registra que sempre defendeu e continua defendendo a necessidade de fiscalização da empresa que fez o recadastramento. Diz que o seu partido está de braços abertos pra receber novos filiados. Diz que a candidata de seu partido acusada de ser laranja na verdade assinou a candidatura e depois desistiu, sem prestar contas. Afirma que funcionários da prefeitura estão confabulando para prejudicá-lo na Justiça. Diz que, apesar de existirem bons jornalistas, está na hora de a imprensa voltar a levar a informação verdadeira, sem divulgar fake news para influenciar a sociedade.