Aprovada redução do IPTU

por Célia Ferreira publicado 13/07/2021 19h15, última modificação 13/07/2021 19h21

 

Após mais de um mês de discussão sobre o aumento do IPTU proposto pela Prefeitura, e grande mobilização contrária comandada pela Câmara Municipal os vereadores de Cachoeiro aprovaram hoje grandes descontos para beneficiar a população.

Esta é uma vitória dos vereadores e da sociedade. Sem a indignação e a mobilização de todos nós, a proposta do Executivo ainda estaria valendo, e a população seria penalizada. Mostramos a força da do Legislativo e a importância de caminharmos juntos com a população”, comemorou o presidente da Câmara, Brás Zagotto (PV).

O projeto foi aprovado com as seguintes emendas: para o pagamento em cota única, 90% de desconto sobre o valor a maior cobrado em relação ao imposto de 2020 (a prefeitura propõe 80%), e, ainda, 85% para o pagamento parcelado (a prefeitura propõe 40%).

Além disso, ao contrário do que propõe o Executivo, os vereadores garantiram a manutenção do desconto para quem fizer o pagamento do IPTU parcelado, mesmo que as parcelas não sejam pagas em dia. E também mantiveram desconto de 10% na Taxa de Lixo (Taxa de Coleta e Destinação de Resíduos Sólidos, ou TCDRS) para quem fizer o pagamento em cota única.

Outra modificação apresentada pela Câmara é o fim da Taxa de Lixo para os terrenos não edificados ou que contenham apenas garagens construídas. Também por proposta dos vereadores, o prazo para pedido de isenção foi ampliado de 15 de setembro para 15 de outubro; todos os benefícios serão permanentes, valendo não apenas para 2021, mas também para os próximos anos; e o contribuinte que eventualmente já tiver feito o pagamento do IPTU sem os benefícios que forem aprovados, poderá solicitar que o valor seja deduzido na cobrança do próximo ano.

O projeto segue agora para aprovação ou sanção do prefeito municipal.